terça-feira, 28 de outubro de 2008

Alimentação ayurvédica



A alimentação é a base do Ayurveda .É a principal condição para a eficácia completa, tanto na prevenção como no tratamento de doenças.

A dieta deve ser individualizada, levando em conta a constituição, dosha, de cada pessoa, o clima do local onde a pessoa mora, o trabalho, o ritmo de vida e outras influências externas e internas.


No ayurveda, a digestão dos alimentos é o fator mais importante na dieta, pois para o organismo funcionar direito, é preciso ter um bom fogo digestivo.

As toxinas se acumulam no trato digestivo e extravasam os tecidos, especialmente a pele. E uma boa digestão ajuda a evitar o acúmulo destes elementos prejudiciais ao organismo.

Para eliminar as toxinas, o indivíduo deve ter o fogo digestivo saudável, uma boa evacuação e uma alimentação adequada.

Para melhorar o fogo digestivo, promover a formação das enzimas necessárias a uma digestão saudável é essencial que os alimentos sejam preparados com ervas e especiarias que estimulem este processo, como: coentro, cominho, hortelã, canela, pimenta do reino, cravo, açafrão, noz de moscada e cardamomo.

Mas a escolha adequada dos alimentos também é muito importante, e é um fator decisivo quando já estamos com alguma doença instalada.

Para Vata, a dieta ideal por é composta de carboidratos tipo cereais (arroz, aveia, trigo, quinua), oleaginosas (castanha, amêndoas, gergelim, linhaça), frutas doces como abacate e banana e papaia, vegetais sempre cozidos al dente, laticínios e chás de erva-doce. Deve-se optar também pelo consumo de leguminosas, tipo feijão moyashi e lentinha vermelha. Recomenda-se também evitar o consumo de repolhos, couves e vegetais crus, pois aumentam os gases,assim como as frutas secas. O uso de azeites, óleo de gergilim e ghee é essencial e de extrema importância, pois diminuem o ressecamento da pele, dos cabelos e principalmente do intestino, evitando assim a constipação.

Para Pitta, , os alimentos benéficos são cereais, como arroz, trigo e cevada, e as frutas doces. Vegetais como abobrinha, abóbora, espinafre, chicória, aspargos, brócolis, couve-flor, bem como sementes (girassol, coco, abóbora) são boas opções no cardápio. Leguminosas (feijões, lentilhas) são muito recomendadas, bem como óleos de coco e girassol. Deve-se preferir o leite de cabra, diminuir o consumo de vegetais picantes (rabanete, pimentão), frutas ácidas, carnes, oleaginosas (castanhas e gergelim) e pimentas.

Para Kapha, recomenda-se as frutas adstringentes (maçã, damasco e pêra) e secas (uva, ameixa, damasco), vegetais picantes e amargos, cereais (aveia e cevada), sementes e leguminosas tipo feijão azuki e lentinha vermelha. Consumir com moderação laticínios, carboidratos, açúcares, oleaginosas (castanhas), carnes e principalmente sal, pois aumentam a letargia, produção de muco e retenção de líquidos.
Mas não esqueça de procurar um especialista para definir a sua alimentação, já que você poderá agravar sua saúde, se combinação e escolhas forem erradas.

Nenhum comentário: