sábado, 11 de outubro de 2008

O que nos adoece


Um dos princípios básicos do Ayurveda é o que não há apenas um tipo de ser humano, portanto a saúde não é uma receita única.

No Ayurveda não há prescrições generalistas. As doenças podem até ser denominadas de uma única maneira, mas a manifestação é bem diferente para cada tipo de pessoa. Por exemplo: pode-se desenvolver um resfriado Pitta, Kapha ou Vata (os sintomas são diferentes), e o tratamento será diferenciado para cada um.

Para o Ayurveda existem quatro fatores que quando interagem inadequadamente com o homem podem formar doenças, seja pelo excesso, pela insuficiência ou pelo uso inapropriado.
São eles: as condições climáticas de onde vivemos, as nossas rotinas, o ambiente de trabalho ou familiar, e por último a alimentação.

Estes fatores vão de acumulando e acabam por desequilibrar nosso organismo, é assim que desenvolvemos a maioria das patologias. Nosso corpo dá sinais, mas ignoramos, ou até mesmo não percebemos, achamos que é um problema passageiro, e quando vemos mais à frente uma doença está a nos incomodar.

Não ficamos doentes de um dia para o outro. As doenças vão se manifestando aos poucos e negligenciamos os sinais em detrimento a outras prioridades do dia-a-dia. Quando já estamos debilitados queremos a cura rapidamente, buscamos um remédio ou uma cirurgia rápida, mas ignoramos as causas.

Acreditar em terapias, dietas, remédios, cirurgias que dizem solucionar o seu problema de maneira rápida pode ser pura ingenuidade, pois o processo de restabelecimento tem seu tempo, assim como teve o processo de adoecimento.

Muita SAÚDE a todos!!!

Um comentário:

Anônimo disse...

Concordo plenamente. Descobri que tenho uma doença rara chamada Vasculite. Sinto que ela me acompanha pela minha vida devido as dores de cabeça que sempre tive e cansaço. O fato é que após 50 anos a coisa está se agravando e como não existe um tratamento eficaz conhecido não estou conseguindo segurar o processo de desenvolvimento da doença. O que vocês me aconselhariam?