quinta-feira, 26 de março de 2009

Bhagavad Gita


o Bhagavad Gita é a essência espiritual da Índia, um grande épico, que faz parte do Mahabharata. Até o século 18 seu conteúdo era desconhecido para o mundo ocidental, porém quando passou a ser estudado na Europa transformou-se numa fonte de conhecimento que inspirou diversos dos pensadores que conhecemos, tais como Kant, Hegel, Schopenhauer e até mesmo Einstein e Oppenheimer.

O Mahabharata reconta a história de um grande conflito, que se diz ter ocorrido há cerca de 5000 anos entre dois ramos de uma familia, um piedoso e o outro mau.
O clímax da batalha épica é o momento em que lutaram os dois lados da mesma família em Kurukshetra.
Durante o conflito narra-se a conversa entre o Senhor Krisha e seu guerreiro amigo, o piedoso príncipe Arjuna. A conversa ocorre antes desta batalha, o que inspira e esclarece claramente a Arjuna os aspectos da vida e os direitos e deveres do ser humano dentro da ordem cósmica do universo, dando lhe coragem e determinação para seguir seu destino de guerreiro sem haver culpa pelas mortes que haveria de proporcionar.
As respostas de Krisnha significaram não apenas um benefício momentâneo para questões de Arjuna, mas atinge todas as gerações que viriam. Krishna disse a ele como superar os obstáculos da vida, permitindo que qualquer pessoa que lê o Gita adquira a sabedoria espiritual para ganhar perfeição nesta vida. O Gita esclarece quanto a liberação do corpo físico a partir do conceito abrangente que explica a existência humana, pois ensina a ciência da alma e sua relação com o supremo espírito e a matéria.

O objetivo final do Gita é estabelecer a devoção a Deus, através do desenvolvimento do poder de discriminar entre assuntos temporários e espirituais, ou seja, as verdades eternas.
Todas as instruções do Gita são destinadas a despertar a nossa consciência pura, permitindo-nos entrar num campo maior , o da realização espiritual.
Paz e conhecimento a todos

Nenhum comentário: