segunda-feira, 6 de abril de 2009

Insônia....


A insônia é uma indesejável companheira de muita gente. É um distúrbio do sono que podemos definir como dificuldade de começar a dormir ou de completar uma noite de sono, enfim, de efetivamente ter um sono reparador.

Acreditava-se que a insônia era uma doença, mas hoje a comunidade científica já sabe que ela é um sintoma de desequilíbrios, ligados principalmente às emoções e ao comportamento.
Ou seja, angústia, tensões, emoções mal resolvidas, pressa, uso de drogas e estimulantes e excesso de preocupação na vida diária são fatores que roubam o sono.

Um dos tratamentos mais utilizados para a insônia costuma ser o uso de medicamentos indutores do sono. Embora em alguns casos esse tratamento seja realmente necessário, na maioria das vezes algumas mudanças no estilo de vida, podem gerar resultados mais duradouros e de uma forma mais natural, sem trazer os efeitos colaterais que esse tipo de medicação costuma produzir.

Para o ayurveda, a insônia é tratada com um desequilíbrio do dosha Vata. O que é tratado é causa da dificuldade de dormir, para que não seja necessário utilizar os tais medicamentos.
Pessoas Kapha dificilmente apresentam insônia, mas quando surgem podem estar relacionados à obstrução das vias respiratórias por excesso de mucos.

Alguns comportamentos e hábitos devem ser mudados, e no decorrer de alguns dias, semanas, o sono gradualmente irá se regularizando. Mas é importante lembrar que cada pessoa é diferente da outra e essas diferenças devem ser levadas em conta na hora de instituir mudanças em seus hábitos.

- Para iniciar as mudanças, é aconselhavel estipular um horário regular para ir para cama, e de preferência antes 22:00 horas. Pode parecer difícil, mas para colocar o organismo em equilíbrio novamente um pouco de disciplina e dedicação são fundamentais. O fato de dormir mais cedo, e consequentemente, acordar mais cedo gera mais disposição para enfrentar o novo dia.

- Bebidas estimulantes, como café, chá preto ou ginseng, chá mate, bebidas alcoólicas, devem ser evitadas, se você quer ter um sono restaurador. Beber, uma hora antes de dormir, um copo de leite morno com noz moscada e mel ajuda na indução do sono.

- Outro fator muito importante é a respeito das atividades que estimulam muito a mente antes do horário de dormir, ou seja, diminuir as atividades no computador, TV , músicas agitadas, conversas prolongadas no telefone. Trocar estas atividades “agitadas”e estimulantes por outras mais relaxantes como ouvir músicas tranquilas, talvez um jazz.

- Aplicar no corpo todo, óleo de gergelim morno e fazer uma suave auto-massagem ajuda a relaxar. Se tiver uma banheira, fazer um banho de imersão bem quentinho com ervas essenciais como de lavanda ou camomila, e com luz baixa completam ainda mais o relaxamento do corpo e da mente.

- Atividades físicas a noite devem ser evitadas, principalmente exercícios aeróbicos. Uma prática meditativa ou de pranayamas tranquilizam e diminuem o ritmo respiratório e cardíaco. Procure o seu professor para que ele possa orientá-lo quanto às melhores práticas para o seu caso.

- Quando for deitar-se, evite TV ligada no quarto, e até mesmo música, o som mantém a mente em um certo estado de alerta que impede o sono de aprofundar-se. Um quarto tranquilo, limpo, confortável, silencioso e na penumbra favorecem o aquietamento.

Bom sono...

Um comentário:

Casa de Colméia disse...

Muito bom,Laura.
Otimas suas dicas.
Um abraco

NAMASTE