quarta-feira, 10 de junho de 2009

A Hiperatividade e o Ayurveda

Hoje vou começar a tratar de um assunto mais específico a pedido da leitora deste blog, Leonice.

Seu filho foi diagnosticado com Hiperatividade e ela gostaria de saber como uma medicina de 5000 anos poderia jaudar no tratamento de uma doença da modernidade.

TDHA - Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, é diagnosticado principalmente em crianças. Elas tem dificuldade de manter-se calmas, atentas ou seguir as determinações dadas. São inquietas, não prestam atenção na fala dos outros, tem dificuldade de manter foco em alguma coisa específica por um longo período de tempo e ainda interrompem os outros com frequência.

Geralmente estas crianças tem um rosto muito expressivo, se mexem constantemente e não dão atenção a ninguém que queira lhes dizer algo. Pertubam seus colegas em sala de aula, tornando-se agressivas quando tentam impor-lhes limites.

Numa perspectiva ayurvédica o dosha Vata está claramente em desequilíbrio, pois este é o dosha da energia da ação, do movimento e que controla os impulsos nervosos do corpo. Naturalmente, um crônico agravamento deste dosha resultará em excesso de atividade e estímulo, criando síndromes do tipo TDHA.

Associados a estes sintomas problemas relacionados ao apetite e as eliminações costumam aparecer, e para o Ayurveda estes são muito relevantes e devem ser percebidos e corrigidos.

Com o aumento excessivo de Vata a criança tem apetite irregular, as vezes não come por horas e não sente fome.
A constipação aparece frequentemente e quando as eliminações ocorrem estas tendem a ser rígidas e doloridas.

Mas qual a causa do agravamento de Vata tão significativo e crianças? O que fazer para diminuir estes sintomas? O que deve mudar na vida dessas crianças e dos pais?

Estas e outras questões relacionadas falarei mais nos próximos posts...

Paz e saúde a todos

2 comentários:

Alexandra disse...

Olá Laura.
Já votei duas vezes no seu blog mas não recebo nada no meu e-mail para confirmar.Será que não dá para votar em Portugal?
Tambem tenho enviado várias mensagens para si mas ainda não obtive qualquer resposta.
Namastê
Alexandra, sua fiel seguidora.

Leonice disse...

Oi Laura

Li o artigo sobre hiperatividade que postasses e ja não vejo a hora de saber mais.
A cada linha descrita enxervaga meu filho. Espero que esta medicina milenar seja uma luz para todas as crianças que enfrentam esta problematica.

Um abraço carinho
Leonice