sábado, 4 de julho de 2009

Vinho é saudável? e cerveja?




A Cris, leitora e amiga do blog, fez uma sugestão de assunto a ser abordado. Ela pediu que escrevesse um pouco sobre a visão ayurvédica dos efeitos, benefícios e consequências do álcool no nosso corpo.

Então, segue aí mais conhecimento e sabedoria para cuidarmos de nossa saúde. Espero que gostem...


O consumo de álcool tem existido na sociedade humana desde tempos imemoriais. Provavelmente todas as sociedades, pelo menos historicamente descritas, há relatos da utilização de bebidas alcoólicas como fonte comum de relaxamento, intoxicação ou embriaguez. No mundo moderno, todos os tipos de bebidas alcoólicas estão livremente disponíveis no mercado mundial.

A maioria das sociedades têm colocado algumas limitações ou restrições ao uso de álcool, devido aos perigos já conhecidos . Alguns grupos, particularmente de natureza religiosa, tentaram proibir totalmente o consumo do álcool e fizeram dele um pecado, embora alguns membros dentro destes grupos continuarem a utilizá-lo.

Álcool e nicotina são itens considerados pelo Ayurveda como destruidores da saúde física e mental. São considerados muito tamásicos.

O álcool penetra profundamente nos tecidos do corpo. É considerado um veneno, mas mais suave, já que não mata instantaneamente.

Aumenta o calor do corpo e danifica o sangue, o fígado e ainda gera desordens do tipo Pitta, principalmente no verão.

Além disso, prejudica o ossos, causa desordens mentais,intoxicação do sangue, edemas, problemas nos rins e pâncreas.

O álcool pode diminuir a concentração e dificultar o processo de aprendizado dos jovens.

O vinho, ingerido em pequenas quantidades melhora a digestão e a circulação, relaxa os nervos e promove a menstruação.

É muito utilizado na medicina ayurvédica, mas preparado com decocções de ervas para tratar de problemas de saúde, principalmente de fadiga crônica e má digestão.

Quando estava no hospital e tive uma piora no meu estado de saúde, fiquei sentindo por alguns dias uma fadiga terrível e muito forte, sem forças até mesmo para segurar um copo. Então, tive a oportunidade de experimentar este medicamento e realmente seus efeitos foram surpreendentes. São rápidos e eficazes, pois a absorção é muito fácil e profunda.

A cerveja também não é indicada, pois agrava muito o Vata e pode gerar pedras nos rins. O Uísque é considerado destrutivo e os liquores pertubadores e atrapalhadores da razão, devido a mistura de alcool e açúcar.

Então, cabe a cada um definir suas escolhas e seu próprio estado de saúde física e mental.

Paz e conhecimento a todos

Um comentário:

Cristina disse...

Obrigada Laura por sua gentileza. Gostaria de entrar novamente na "fila de espera" para uma abordagem sobre o Neti.
(Acredito que seria muito interessante a narrativa acerca do processo de recuperação da sua saúde, sob o ponto de vista da mulher jovem, que se superou, convivendo no seu íntimo com as dúvidas, a intensa disciplina do tratamento, as expectativas, frustrações, enfim, o seu dia-a-dia neste processo de maturação e aprendizagem.) Um grande abraço, Cris.