sábado, 22 de agosto de 2009

Carta do meu pai....


Minha família está longe. Estamos separados por cerca de 1800 km.

Ontem à noite, recebi esta linda mensagem por e-mail do meu pai, profunda, verdadeira e ...resolvi compartilhar com vocês...

Minha querida filha.

A inspiração para quem escreve, nasce e cria asas quando a imaginação é alimentada por fatos ou circunstâncias que nos chama a nossa atenção e refletem nossos sentimentos sinceros e experiências vividas. Tanto equivale dizer que deves aproveitar ao máximo as oportunidades que tivestes, tens e terás. Lamento que não tenhas estado comigo no Dia dos Pais, mas te considerei presente em meu coração. DESFRUTA TUA VIDA.

Realmente quando somos crianças temos todo o tempo do mundo e nada nos aborrece. Tudo é alegria e prazer. Quando jovens, continuamos a ser favorecidos pelo tempo disponível. Tudo é felicidade e possível, mesmo que suportando com voluntariedade, desprendimento e valentia os fardos da vida, sem nos sentirmos assoberbados.

Mas os anos passam e com ele as primeiras considerações sobre os ganhos e as perdas, mas sem exageradas preocupações, eis que ainda sobrando-nos tempo para reconsiderações. Já na maturidade avançada (que os tolos chamam de velhice e os técnicos, de terceira idade), nos vem a reflexão e constatação real, consciente e definitiva do que poderíamos ter feito ou não, mas, infelizmente, “ não há mais tempo”.

Fica com isto um recado: acrescenta VIDA a teus dias, com o amor e as virtudes que te são próprias, acreditando sempre em tuas escolhas e decisões, e as executando, na busca e alcance de tua felicidade, pois, segundo Fernando Pessoa: "tudo vale a pena se nossa alma não é pequena”.

Com um grande beijo de teu pai.

Fernando

4 comentários:

claudinha disse...

Que lindo Laura. Tudo de bom pra você. Beijos.

Amanda disse...

Linda carta. Inspiradora.
Que bom que você decidiu compartilhá-la com seus leitores!!

Casa de Colmeia disse...

Que linda mensagem, sensível e inspiradora.
um abraço

Márcia Gomes da Silva disse...

Querida Laura,
tenho certeza que essa inspiraçao em muito foi fruto do convivio com vcs...
Grande beijo
Márcia