quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Cuidados...


Desculpem a ausência de posts por tanto tempo, mas uma série de eventos ocorreram aqui em Pune. Estes me impediram de postar e responder aos inúmeros e-mails que vocês enviaram.
Primeiro, as aulas de nutrição ficaram mais intensas. Tivemos prova, muita teoria e prática. Saímos às ruas para conhecer nos mercados, os produtos indianos mais utilizados na culinária ayurvédica. Mas depois conto com mais detalhes.
Segundo, fui premiada com um protozoário e bactérias indianas. O terrível problema que afeta milhares de estrangeiros que vem para Índia. A contaminação se deu pela água e acabou gerando complicações. Tive febre alta por dois dias seguidos e os médicos ayurvédicos logo me medicaram. Mas em seguida começou uma severa diarréia. Os remédios ayurvédicos conseguiram segurar por cerca de 24 horas, mas depois de 4 dias comendo pouco, com uma diarréia intermitente, e dificuldade de me reidratar oralmente, eles resolveram que deveria ser hidratada com soro venoso, para me recuperar mais rapidamente e não perder o curso, e me levaram para um hospital alopático de seus amigos.
Fui bastante contrariada. Tive que tomar soro e antibiótico, para combater a bactéria que resistia. Foi mais uma grande experiência na Índia. Conhecer os procedimentos médicos alopáticos no país do Ayurveda. Mesmo no hospital alopático o médico chefe usou de técnicas de diagnósticos do ayurveda, observando sempre meu pulso e língua na maneira tradicional do Ayurveda.
Os médicos ayurvédicos não temem o uso de remédios alopáticos, sabem quando realmente são necessários. Em alguns momentos é preciso agir com rapidez através de substâncias químicas e os efeitos colaterais e malefícios gerados são compensados pela melhora do quadro. E os médicos alopáticos não se privam de utilizar sempre as ferramentas do ayurveda para serem mais precisos nos diagnósticos.
Agora já estou recuperada e dando continuidade nas aulas de nutrição (que na verdade nem parei) e aprendendo cada dia mais e mais...
Paz e saúde a todos

2 comentários:

Bia disse...

Laura querida
Estava mesmo preocupada com sua ausencia.
Vc tem sido testada a cada dia!Mas tudo me diz que quando nos impenhamos num causa maior,como a sua,existem estes percalços.
Mas,vc vencerá tudo e todos.
Em breve celebraremos!!!
Beijo grande,

bia disse...

sorry,palavra é empenhamos.