segunda-feira, 29 de junho de 2009

Workshop Ayurveda para família


Gostaria de lembrar vocês, amigos e leitores do blog do Workshop de Ayurveda que estarei realizando nos dias 11 e 12 de julho, aqui no Rio de Janeiro.

Uma oportunidade aos que se interessam pelo assunto, aos leigos, e aqueles que querem aprender um pouco mais sobre esta medicina milenar da Índia aplicada ao dia-a-dia.
Mostrarei como podemos beneficiar a nós mesmos e toda a nossa família com estes conhecimentos na rotina diária. Ensinarei os fundamentos e o preparo de algumas receitas ayurvédicas (ghee, temperos, combinação de ervas, compostos, etc.) para situações cotidianas (gases, cortes, cólicas, contusões, etc.), a fim de obter equilíbrio na saúde e prevenir problemas futuros.

Também terão informações dos princípios básicos da medicina ayurvédica. E ainda a oportunidade de aprender a fazer uma auto-massagem, que revigora, relaxa, rejuvenesce, equilibra a saúde, deixa a pele mais vigorosa e os cabelos mais brilhosos.

As inscrições podem ser feitas através do e-mail: buscadaessencia@yahoo.com ou pelo telefone: (21) 94655397.
Valor: R$200,00

Conto com a presença de vocês.
Paz e saúde a todos

sexta-feira, 26 de junho de 2009

O doce sabor do Alcaçuz

A vida é mesmo feita de doces surpresas, doces coincidências e encontros importantes.

Durante os dias de curso de Nutrição Ayurvédica, os ensinamentos, conversas informais e dicas dadas pelos experientes médicos indianos, trouxeram conhecimentos importantes para ajudar a todos que sofrem de enfermedidades e que através do ayurveda buscam uma saída para a saúde e longevidade.

Mas foi nos dias após o curso, que "coincidentemente" ficamos hospedados no mesmo hotel à espera do retorno ao Rio de Janeiro.
Pude desfrutar ainda mais dos ensinamentos, pois durante o café da manhã Dr. Ranade queixou-se de rouquidão, já que estava bastante frio e havia passado horas seguidas falando sem parar.

Perguntou se podia ajudá-lo. As pessoas na cidade não falavam inglês e ele não conseguia se comunicar. Solicitou que eu comprasse uma bala de Licorice. De ínicio fiquei um pouco sem entender, achava que era o Alcaçuz, mas como nunca tinha visto em forma de bala, falei que talvez estivesse confundindo as ervas.

Fomos juntos à famácia e só conseguimos bala de gengibre, com própolis e mel. Ele ficou contente, mas ainda queria o tal Licorice.

Consultei na internet e tive a certeza que estávamos falando da mesma erva: o Alcaçuz.
E mesmo sem conhecer a cidade, acabei encontrando o mercado municipal, onde havia uma loja de ervas.

Felizmente eles vendiam a raiz de Alcaçuz. Imediatamente comprei e voltei ao hotel. O médico quando abriu a embalagem prontamente tirou um pedaço da raiz e mascou. Balançou a cabeça como todo bom indiano e abriu um largo sorriso!! É esta mesmo! Você encontrou! Este suave doce sabor ....
Ficou muito feliz e pediu que experimentasse. Já conhecia a erva e seu sabor adocicado, mas a utilizava em forma de pó para fazer chá.

Então, sentamos na recepção do hotel e ele começou a explicar: o Alcaçuz é largamente usado nos EUA, pois dele se extrai um xarope usado na produção de balas e doces comuns. Mas também é utilizado para fazer balas com gengibre que aliviam a rouquidão e a tosse. Mas mascar um pedaço da raiz tem o mesmo efeito para a melhoria da voz.

Fiquei bastante surpresa, pois conhecia as propriedades altamente eficientes para dores de estômago e hiperacidez e não tinha a menor idéia de quão importante e indicada esta raiz é para outros males como gripes, resfriados, debilidade física e ainda um suave laxativo. Além de ter a função de diminuir Vata e Pitta e aumentar Kapha (se utilizado por um longo período).


Mas falou também dos cuidados com o excesso do uso do alcaçuz, pois pode provocar vômitos, retenção de líquidos e dores de cabeça. E ainda interfere na absorção de cácio e potássio, devendo os portadores de osteoporose evitar o consumo prolongado.

E mais importante: tem a função de acalmar a mente, melhorar a voz, visão nutrir o cérebro e manter o corpo forte.

Paz e conhecimento a todos.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Meghal Takkar - Arte de Viver



Olá queridos amigos e leitores do blog.

Acabei de chegar no Rio de Janeiro, depois de uma série de atrasos nos voos, devido ao mau tempo em alguns aeroportos do país.

Passei alguns dias ampliando meus conhecimentos sobre nutrição ayurvédica, e tenho que agradecer e muito, pois cada ensinamento foi muito importante e valioso.

Estou um pouco sem tempo para trazer assuntos novos no dia de hoje,mas em breve continuarei, já que a lista de pedidos de vocês está aumentando. E fico muito feliz por isso.

Vou deixar um convite para vocês que estão no Rio de Janeiro. Uma série de palestras da Fundação Arte de Viver com Meghal Takkar, instrutor Sênior Indiano da Arte de Viver com mais de 15 anos de experiência. Mas quem está Sâo Paulo, Recife e Salvador também poderá assistir outros eventos com este instrutor. Verifiquem as datas e locais no site da fundação Arte de Viver.

Programação Rio de Janeiro:
Espiritualidade e Valores Humanos para a Nova Geração- Hoje dia 23 de junho !!!!!
A primeira conferência de espiritualidade e valores humanos para jovens
Local: Ginásio da PUC-Rio, às 20h - Entrada Franca.

O Segredo da Respiração- Dia 24 de Junho
Técnicas e Ensinamentos para o equilíbrio e bem-estar . Às 20h. Entrada: R$ 10
Local: AMF - Associação Médica Fluminense. Niterói.

A Paz é Contagiante - Dia 25 de Junho
Cultivando a Paz no Indivíduo e na Sociedade
Local: Clube do Flamengo, às 20h. Entrada: R$ 10

Maha Satsang- Dia 25 de Junho
Noite de Conhecimento com Música e Mantras.

Local: Sede da Arte de Viver, às 19h30. - Entrada Franca

Maiores informações e ingressos :

(21) 3624-1900 • 3624-1800 • 9411-2576 • rio@artedeviver.org.br

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Estudos...


Olá leitores e amigos do blog.

Nós próximos dias ficarei afastada das tecnologias... Não terei acesso ao computador, muito menos à internet.

Vou viajar hoje à tarde, para o interior de Minas Gerais, onde passarei alguns dias na companhia de um casal de médicos indianos, Dr. Subhash Ranade e Dra. Sunanda Ranade, para aprofundar meus estudos em alimentação ayurvédica.

Subhash Ranade é médico Ayurvédico com larga experiência e presidente da Academia Internacional de Ayurveda de Pune, na Índia.
É reconhecido internacionalmente e ministra regularmente aulas de Ayurveda em vários institutos da Alemanha, Espanha, Austrália, Japão e Canadá.
Além disso, escreveu mais de 100 livros sobre vários assuntos ligados ao Ayurveda e ainda atua como editor de vários jornais da Índia e da Europa.

Até breve...
Paz e conhecimento a todos..

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Consuma iogurte


Para o Ayurveda a ingestão de iogurte é muito importante.

É muito nutritivo, e em pequenas quantidades ajuda na digestão de todos os alimentos. Contribui para repor a flora intestinal, ajuda em casos de diarréia, colesterol alto, anorexia, câncer, infecções digestivas e ainda contribui na melhora do sistema imunológico. A adição de especiarias quentes, tais como pimenta ou gengibre vai certamente contribuir para a estas ações.

Pessoas que tomam antibióticos devem ingerir iogurte com frequência, pois ajuda a regular as bactérias intestinais que são destruídas pelo uso deste tipo de medicamento.

Iogurte deve ser consumido de maneira correta para que realmente traga os beneficios. Para o ayurveda jamais deve ser consumido após as 18h, pois a noite a digestão fica mais lenta, o que pode provocar acúmulo de mucos prejudicais a nossa saúde.

Não deve ser consumido em excesso, pois pode causar constipação e agravar a presença de toxinas no sangue gerando acne, rachaduras na pele, etc...

É especialmente calmante para pessoas Vata e pode ser usado por elas livremente nos condimentos ou no prato principal.

Pessoas PITTA devem tomar alguns cuidados na preparação do iogurte para assegurar o seu equilíbrio. O ideal é consumir o lassi.
Diluído com água e adoçado com melado, malte de cevada ou fruta é bom para este “ fervente” dosha. Pode- se acrescentar um pouco de suco de limão e coentro ou canela em pó à mistura.
Uma pitada de açafrão da terra (cúrcuma) também podem ser adicionada para aumentar digestibilidade, especialmente para Pitta.

Para kapha é melhor consumir iogurte bem diluído em molhos apimentados ou adoçado com mel. Mel, canela, gengibre, pimenta preta e cardamomo são especialmente adequadas para fazer iogurte ser bem assimilado por pessoas KAPHA.

Segue uma receitinha básica da culinária indiana para ser consumida junto a pratos bem apimentados e regularizar todos os doshas.

Raita de pepino ( Khira Raita)

1 copo de iogurte
1/2 copo de pepino sem casca e cortado em rodelas finas
1 colher de chá cominho em pó
1 pitada de pimenta preta
1 pitada de páprica picante ou pimenta Cayenna
1/2 colher de chá de cominho em grão.
1 colher de sopa de coentro freco picado (para os Pitta)
sal a gosto.

Em um recipiente misture bem o iogurte, a pimenta preta, o sal e o cominho em pó. Adicione o pepino e misture delicadamente.
Despeje no recipente que será servido e coloque por cima a pimenta cayenna e o cominho em grão. E se for Pitta adicione o coentro fresco.

Bom apetite....

segunda-feira, 15 de junho de 2009

A Hiperatividade e o Ayurveda - Parte III

Seguem, enfim as dicas para ajudar no tratamento das crianças com Hiperatividade.

1- Um simples e efetivo método que acalma as crianças é a massagem com óleo morno de gergelim puro e prensado a frio. Deve ser aplicado todos os dias ou de 3 a 4 vezes na semana.
Deite seu filho sobre uma toalha e massageie cuidadosamente todo o corpo por cerca de 20 minutos. Dê bastante atenção aos pés, pois é muito relaxante e trará ótimos benefícios.

Coloque uma música relaxante, fale baixo e calmamente. Demonstre afeto e amor ao seu filho. Em seguida dê um banho de água morna e leve-o para a cama para dormir.

2- Sirva para ele um copo de leite morno com açúcar e uma pitada de noz-moscada. É sedativo e ajuda o corpo e a mente a relaxar na hora de dormir.

3- Usar incensos ou óleos essenciais de sândalo, myrra, menta ou rosa no quarto ou em toda a casa. Estes aromas ajudam a promover a calma, paz e tranquilidade.

4- O uso de cores corretas nos ambientes e nas roupas é muito importante na terapia para crianças com hiperatividade. Cores escuras como preto, marrom, azul escuro devem ser evitados pois deprimem. Assim como vermelho, laranja e pink que aceleram o metabolismo. Cores mais claras, em tons de pastel, como azul, verde, laranja claro, amarelo são ótimas soluções para acalmar o sistema nervoso e resgatar as emoções saudáveis.

5- Reduzir o uso de Tv, principalmente programas de violência e filmes de terror. Video-game deve ser usado com muita moderação. Deve-se encorajar a criança à atividades criativas como pintura, escultura, montagem, etc.

6- Crianças Vata devem ter contato próximo com a natureza, pisar na terra, sentir cheio de flores, andar no gramado,... Evitar viagens muito longas de carro e avião.

7- Manter a cabeça e orelhas sempre bem protegidas do vento.

8- Na alimentação, priorizar alimentos quentes com molhos e muito nutritivos. Evitar fast food, junk food, alimentos processados, congelados e preparados em microondas, pois são deficientes em energia vital e nutrientes.
Evitar alimentos crus, frios, bebidas geladas, sorvetes, refrigerantes, café e muito chocolate.

Abóbora, batata doce, inhame, quiabo, cenoura são excelentes, assim como banana, laranja, abacate e frutas oleaginosas.

Paz e saúde a todos

sexta-feira, 12 de junho de 2009

A Hiperatividade e o Ayurveda - Parte II

As crianças com hiperatividade vivem em ambientes muito ativos e com um ritmo muito acelerado. As vezes, sem perceber, os pais definiem várias atividades em que os filhos tem que estar atentos por muitas horas do dia.

A família não percebe, mas vive em um ambiente de constante ação, barulho, fala, correria, brigas, excesso de cores, estímulos constantes (Tv, rádio ligado), muita agitação. Não há espaço para paz e calma.

Consequentemente seus filhos irão crescer neste ambiente, mas sua constituição genética não está preparada para tanto esforço e agitação.

No ayurveda, a regra é simples: semelhante aumenta semelhante. Excesso de movimento agrava Vata e Vata excessivo em crianças com constituição Vata tende a gerar hiperatividade.

Todos os excessos de estímulos afetam a psique das crianças. Portanto, uma atenção redobrada deve ser dispendida a estas crianças.

Remédios alopáticos devem ser utilizados somente quando realmente necessário. Compostos de ervas ayurvédicos são bastante eficazes, mas devem ser prescritos por médicos experientes e de acordo com cada caso específico.

É importante que as crianças se habituem com uma rotina saudável e o exemplo é a melhor maneira para que tudo se estabilize.

Segundo a Dr. Jay Apte, uma médica indiana que vive nos EUA, e onde os casos de TDHA são muito comuns, existem uma série de atitudes e procedimentos que devem ser seguidos para melhorar a vida dessas crianças. Estabilizando assim os momentos de excessiva agitação e os outros sintomas de hiperatividade.

Estes vão desde simples cuidados com alimentação até exercícios, massagens e modificações na rotina diária que detalharei no próximo post.

Paz e saúde a todos.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

A Hiperatividade e o Ayurveda

Hoje vou começar a tratar de um assunto mais específico a pedido da leitora deste blog, Leonice.

Seu filho foi diagnosticado com Hiperatividade e ela gostaria de saber como uma medicina de 5000 anos poderia jaudar no tratamento de uma doença da modernidade.

TDHA - Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, é diagnosticado principalmente em crianças. Elas tem dificuldade de manter-se calmas, atentas ou seguir as determinações dadas. São inquietas, não prestam atenção na fala dos outros, tem dificuldade de manter foco em alguma coisa específica por um longo período de tempo e ainda interrompem os outros com frequência.

Geralmente estas crianças tem um rosto muito expressivo, se mexem constantemente e não dão atenção a ninguém que queira lhes dizer algo. Pertubam seus colegas em sala de aula, tornando-se agressivas quando tentam impor-lhes limites.

Numa perspectiva ayurvédica o dosha Vata está claramente em desequilíbrio, pois este é o dosha da energia da ação, do movimento e que controla os impulsos nervosos do corpo. Naturalmente, um crônico agravamento deste dosha resultará em excesso de atividade e estímulo, criando síndromes do tipo TDHA.

Associados a estes sintomas problemas relacionados ao apetite e as eliminações costumam aparecer, e para o Ayurveda estes são muito relevantes e devem ser percebidos e corrigidos.

Com o aumento excessivo de Vata a criança tem apetite irregular, as vezes não come por horas e não sente fome.
A constipação aparece frequentemente e quando as eliminações ocorrem estas tendem a ser rígidas e doloridas.

Mas qual a causa do agravamento de Vata tão significativo e crianças? O que fazer para diminuir estes sintomas? O que deve mudar na vida dessas crianças e dos pais?

Estas e outras questões relacionadas falarei mais nos próximos posts...

Paz e saúde a todos

terça-feira, 9 de junho de 2009

Votação TOPBLOG


Queridos amigos e leitores do blog...

Recentemente descobri que o blog estava sendo indicado para um prêmio da internet de melhor blog na categoria Variedades e hoje consegui validar a indicação...

Portanto, agora é hora de votar...

Vocês que me acompanharam diariamente na minha jornada na Índia e agora com a continuação deste blog com informações variadas de saúde e bem-viver baseadas na milenar sabedoria ayurvédica podem ajudar o blog a ter maior visibilidade e beneficiar ainda mais todas as pessoas que ainda não conhecem...

Conto com o VOTO de vocês. É muito simples: Clique no selo TOPBLOG e logo abrirá uma janela para fazer a votação. Digite seu nome e e-mail correto.

Você receberá em seguida um e-mail pedindo a confirmação... e então confirme e está dado seu voto.

Mas não esqueça de confirmar o voto pelo e-mail... só assim ele terá validade....

Paz e saúde a todos

domingo, 7 de junho de 2009

O caos onde tudo acontece...





Estava aqui no meu computador vendo as fotos da minha última viagem à Índia.

Relembrando cada dia no hospital, nas aulas de yoga e nos momentos que pude passear pelas ruas de Mumbai e Nasik.

No momento que escolhemos esse destino, Índia, os conceitos de organização ocidental devem ser deixados de lado. O caos impera em quase todos os lugares, mas surpreendentemente tudo funciona em harmonia e dentro das expectativas...

Nos ghats sagrados de Nasik, a beira do rio Godavari, situações completamente díspares para nossa mente ocidental chamam atenção, causam surpresa, repulsa, alegria, contentamento ...
Ao mesmo tempo em que as emoções se confundem, as cenas mudam, confluem-se

Mulheres dão banhos em seus filhos, crianças e adultos bebem da mesma água. Homens mergulham nas águas sagradas e ficam ali dentro parados por minutos...

Sadhus, os homens santos, com seu dreadlocks preparam-se para também banhar-se ...outros fazem oferendas, rezam, meditam em frente ao rio sagrado, e outros ainda, veneram a estátua do deus macaco, Hanumam.

Mulheres vendem suas frutas nas escadarias, crianças brincam, correm, se divertem...

Alguns contemplam a vista tomando um chai, outros enquanto conversam mascam folhas de betel, fazendo intervalos para cuspir nas águas o líquido vermelho que se forma na boca....

Mulheres lavam seus saris, animais percorrem a beira do rio, e, não muito distante dali,.... corpos são consumidos em labaredas de chamas e suas cinzas entregues ao rio, o crematório nos lembra do fim e da importância de cada momento do viver...

A modernidade se insere dentro do contexto ancestral, dedicados motoristas de rickshaw colhem a água do rio em baldes e lavam seus veículos...

Um templo milenar fica a entoar o mantra sagrado Om, enebriando, sedando a mente e o corpo de todos que por ali passam e permanecem para realizar e experienciar seus momentos de vida plena...

Paz e saúde a todos

quarta-feira, 3 de junho de 2009

A ciência indiana do morar


A minha proximidade com a cultura indiana começou através da arquitetura. Comecei a buscar nos meus projetos algo que tivesse um sentido mais profundo e que gerasse, além de beleza, praticidade e conforto na moradia ou local de trabalho dos meus clientes, uma sensação de bem-estar amparada por conhecimentos milenares.

Encontrei na filosofia indiana um corpo de conhecimentos compilados em textos sagrados, chamado de Vedas (“conhecimento”), que tratam de assuntos como medicina, teatro, astrologia, yoga e, entre outros, de arquitetura (Sthapatya Veda).

Dentro do Sthapatya Veda encontrei o Vaastu Vidya, termo sânscrito que significa “ciência do bem morar”. Os grandes yoguis entraram em estado de profundo contato com a natureza e desvelaram os segredos desta ciência, no que tangia ao espaço ideal para o homem encontrar seu equilíbrio e permitir que suas funções vitais, em sentido amplo, pudessem entrar em harmonia com o Todo.

Miticamente povoaram de divindades os espaços das moradias representando cada um deles com os aspectos fundamentais da vida humana. As divindades são respeitadas enquanto facetas da manifestação do homem. Diz o mito que um demônio, Purusha, foi esmagado sobre a Terra, e passou a habitar a casa de todos.

Sendo, portanto, imprescindível que se apazigúe o Purusha através do equilíbrio dos cinco elementos constitutivos do universo (terra, ar, água, fogo, éter), para que o demônio não se volte contra seus moradores trazendo desgraça.

Apesar do mito ser uma maneira lúdica de se passar um conhecimento, Vaastu Vidya é repleto de sabedoria que aos poucos a ciência desvelará, formando um sistema rigoroso de regras e técnicas para atrair a energia universal (Prana) que se distribui em todos os espaços.

O Vaastu Purusha Mandala, que é apresentado na planta Harmonização Vaastu Vidya, é uma representação de Deus enquanto guardião da moradia, já que na filosofia védica tudo possui seu oposto complementar, como no caso, Demônio X Deus. O Vaastu Purusha funciona como um todo integrado de várias partes.

Um princípio que se origina no macrocosmo e se reflete no microcosmo da residência de cada um, portanto, em cada cômodo da casa também deve ser respeitado o equilíbrio da divindade com os seus ocupantes.

O quadrado representa o universo em um microcosmo e, de acordo com o Vaastu, ele é o formato perfeito no qual uma pessoa pode morar. Uma variante aceitável que mantém o bom fluxo do Prana é o retângulo. Certas extensões nestas formas são benéficas e outras prejudiciais de acordo com uma série de fatores como clima, localização, materias utilizados, etc.

Uma ciência profunda, complexa e largamente utilizada na Índia até os dias atuais... Nos jornais, folders de publicidade sobre a venda de apartamentos, encontra-se uma indicação que os apartamentos foram projetados baseados nesta ciência.

É a modernidade chegando e totalmente amparada pelos conhecimentos milenares desta cultura tão preocupada com o bem- estar e saúde do seu povo.

Paz e conhecimento a todos

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Cosméticos conscientes

Neste último sábado, aconteceu aqui no Rio de Janeiro o evento Rio Orgânico. Vários produtores de orgânicos, desde frutas, legumes, sucos, leite à cremes, sabonetes e shampoos, fizeram parte deste encontro.

Todos reunidos para expor seus produtos e conseguir boas parcerias para comercialização e divulgação dos mesmos.

Dentre os diversos produtos expostos, uma empresa em particular me chamou bastante atenção, pela qualidade e proposta na sua linha de cosméticos...

São sabonetes, óleos para massagem, loções hidratantes todos feitos com 100% de matéria prima natural, em grande parte originárias da biodiversidade brasileira como a castanha-do-pará, a andiroba, o cupuaçu, babaçu e sempre provenientes de projetos com responsabilidade social e ambiental.

Não há utilização de substâncias derivadas de petróleo, química sintética ou de origem animal.

As formulações são riquíssimas em anti-oxidantes, vitaminas, minerais conferindo alto valor dermatológico todos com certificação do USDA e IBD.

Uma empresa compremetida com a qualidade de seus produtos de forma consciente. Para saber mais e comprar os produtos entrem no site: http://www.reservafolio.com.br/

Paz e conhecimento a todos