sábado, 16 de janeiro de 2010

Maior eclipse solar do milênio - 15 de Janeiro de 2010


Ontem, dia 15 de janeiro, tivemos aqui na Índia o mais longo eclipse solar do milênio. O sul da Índia foi um dos melhores lugares para se observar o fenômeno. A África central, China, Ilhas Maldivas e Bangladesh também presenciaram o eclipse anular.

O eclipse começou as 11h da manhã e terminou aproximandemente as 14:30min. Em algumas cidades o eclipse foi total e em outras cidades parcial. Aqui estava bastante nublado, o que dificultou a observação.

Aqui no hospital, ninguém teve permissão para observar...os próprios funcionários, médicos, enfermeiras seguiram as orientações milenares.


Quando ocorrem eclipses solares, diz a tradição védica que ninguém deve expor-se ao fenômeno, olhar na direção do sol. Todos devem ficar protegidos, dentro de casa, não deve-se comer, beber, ligar computadores, assistir Tv, trabalhar, etc.

Não tivemos nenhum tratamento das 10h as 15h. Tudo parou. Não havia movimento nas ruas, barulho...nada. Todos os pacientes foram orientados a ficar em seus quartos, e não realizar nenhum tipo de atividade.


Hoje, os jornais exibem as fotos do eclipse em diversas partes da Índia. Comentários, discussões e análises sobre o fenômeno e sobre o comportamento das pessoas e dos animais durante o eclipse.


A ciência moderna não vê qualquer relação ou influência negativa que este tipo de fenômeno possa causar nos seres vivos. Em Trivandum, capital do estado do Kerala, e em outras cidades, uma organização científica reuniu estudantes, professores para que todos pudessem observar o eclipse, assim como é feito em todo Ocidente.

Mas estes encontros não foram bem vistos pela comunidade em geral. Sabem que realmente há uma influência e modificação dos estados biológicos no corpo dos seres vivos. Os animais, como diz em uma das reportagens, ficaram bastante confusos durante o período do eclipse. Pássaros estavam desorientados, cães sonolentos e sem fome, cobras se refugiaram...vários animais foram observados e alguns tiveram comportamentos noturnos logo que começou a escurecer.

Para a mente científica ocidental tudo parece estranho, confuso... Mas mesmo assim, a grande maioria dos pacientes respeitou as orientações da equipe médica no hospital...

Paz e saúde a todos

2 comentários:

Bia disse...

Lindo post. Adorei saber.
A astrologia praticada no Ocidente leva em consideração efeitos do eclipse principalmente nos pontos onde se faz visível, que seriam os pontos "tocados" pelo fenômeno. Vastas regiões são "afetadas". O recolhimento em si é considerado inútil.
Melhores votos!

Bia disse...

Laura
Acho q vc tem outra amiga Bia...rsrsr
Bjs
Bia da Miranda