segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Quando esquecemos nossas reais necessidades...


“Doenças da modernidade”, “Doenças do estresse” estes termos são frequentemente utilizados, quando citadas algumas doenças que vem aparececendo na vida de muitas pessoas. Comparando com o passado, a rotina diária da maioria das pessoas tornou-se mais estressante, com mais atividades, mais responsabilidades e medos.

Hoje há uma busca incessante por dinheiro, poder, melhor posição nas empresas, exigências econômicas, educacionais e profissionais. Todas, superiores à real capacidade humana de suportar tanta pressão. A saúde fica em segundo, terceiro plano. Excesso de competição e desafio cria estresse. Estresse causa desalinhamentos no corpo e na mente e consequentemente doenças.


Sedentarismo, excesso de comida, hábitos alimentares compromotedores (fast food, uso de microondas, comida congelada, excesso de carnes, etc), excesso de horas de trabalho, ar condicionado por muitas horas... todos responsáveis pelo agravamento ou manifestação de doenças como diabetes miellitus, hipertensão, infarto, obesidade, disfunções hormonais, etc...

Debilidades que podem ser previnidas, evitadas, modificando os hábitos de vida, tendo conciência de que cada atitude diária irá definir o futuro, a saúde, a qualidade de vida. Nosso corpo é como uma máquina. Esta programado para trabalhar de uma certa e correta maneira. Todas as funções orgânicas estao correlacionadas. Cada excesso ou deficiência pode vir a comprometer um orgão ou função.


Os processos orgânicos são definidos, induzidos, modificados, processados, por tudo o que ingerimos, sentimos, realizamos: comida, água, pensamentos, emoções, sono, etc. E cada um gera uma série de urgências naturais: fome, sede, urina, fezes, secreções, vômito, ... Quando orgãos trabalham corretamente as urgências se manifestam e devem ser prontamente atendidas...

O Ayurveda se preocupa em 1º lugar com a prevenção e portanto atender as urgências naturais do corpo é um dos principais hábitos que temos que ter para manter o corpo saudável e livre das doenças.

Nossa sociedade movimenta-se rápido, sempre ocupada, ligada...computadores sempre ligados, internet veloz, blackberry, celular...todos ligados e conectados ao mundo externo 24horas do dia... O “mundo” define que não podemos parar. Nada de parar para atender o corpo...ir ao banheiro, beber água, comer...suprir as necessidades reais do corpo...

E conter as urgências naturais, gera desde simples dores até problemas irreversíveis na saúde... e estes falarei com mais detalhes no próximo post...

Paz e saúde a todos

4 comentários:

V for Vendetta disse...

Aredito que existe uma linha de vida que pode ser mudada. Não acredito que seja uma quimera.

http://ervadaninha.sarava.org/introanarquia.html

Até quando iremos sobreviver? será que um dia poderemos viver?

Esse texto sobre anarquia me veio a mente ao ler seu post, você tem uma ótima analise sobre as coisas... E acredito que podemos ter um sociedade saudável usando algumas destas ideias.

Acredito que eu não seja o único a desejar menos ar condicionado e mais ar puro!

Beijos

Cristina disse...

Olá Laura
Texto maravilhoso! Esta dicotomia entre a "vida real" e a "vida saudável" gera muita polêmica, e várias informações equivocadas. Você falou das palestras, e quanto à publicação de seus livros?
Um abraço
Cris/RJ

Fernanda disse...

Lindo e verdadeiro texto minha Querida, vc vem prestando um serviço de divulgação do Ayurveda soberbo!!!
Que os Deuses continuem te cubrindo de bençãos!!!
Nanastê

Anônimo disse...

Adorei!!!!!.Fantástico.aguardo novas e valiosas informaçoes como esta. Parabéns pelo seu belo trabalho. Nao vejo a hora de poder consultar com vc no Brasil.

Helena - Florianópolis