sábado, 31 de dezembro de 2011

Borboletas... o que querem me dizer???




Borboletas... o que querem me dizer????


Este ano que termina hoje foi muito especial…

Tive muitos momentos, conquistas, aprendizados, quedas, alegrias, decepções, encontros, reencontros...

Foi um ano muito, mas muito intenso...

Este ano que termina daqui a poucos minutos aqui na Índia... eu apenas paro e tento analisar, entender... mas deixo, entrego para que a vida me mostre, e descodifique de verdade o que aconteceu comigo hoje...

Após minha pratica de yoga, fui para jardim fazer Pranaymas e uma breve meditação... como todos os outros dias, permaneci por algum tempo olhando as libélulas que sobrevoam os lótus de um pequeno lago na área central do jardim...

Mas de repente, um grupo de borboletas invadiu o jardim... pela primeira vez, depois de 20 dias no hospital vi borboletas... nunca, nunca apareceram por aqui...
Mas não eram 1, 2, ou 3... eram dezenas de borboletas brancas que vieram em minha direção... ficaram por um instante sobrevoando minha cabeça e começaram a se dispersar... eu olhava atentamente e elas numa rapidez e movimento desordenado voltavam a circular ao redor do meu corpo...

Me senti meu magnetizada por elas e elas por mim...
Fiquei extasiada... parecia um sonho... eu nunca tinha vivenciado ou visto algo do tipo... fechei os olhos por um instante e uma serie de pensamentos confusos, desordenados tomaram conta do meu ser... senti um frio correndo pela espinha e ao abrir os olhos as dezenas de borboletas continuavam ao meu redor...

Fechei os olhos novamente, e após uma breve respiração, olhei ao meu redor e uma pequena borboleta havia pousado sobre o meu joelho... fazia movimentos lentos, suaves...

As demais borboletas afastaram-se por um instante e ao se aproximarem novamente do meu corpo e a pequena juntou-se ao grupo e desapareceram em meio ao jardim...

Talvez isso não queira dizer nada... talvez queira dizer muitooo.
Mas só sei que tenho fascinações por borboletas, por seu processo de vida e significados...

Mudanças, transformações são inevitáveis a cada minuto, a cada momento...
Quem sabe um dia eu venha entender esse encontro, esse momento, esta vivencia...

Mas agora, talvez, apenas agradecer e entregar o meu ser a minha alma a este lugar, a esta vida, a esta oportunidade....

Feliz 2012 para todos nós!!!!

3 comentários:

Goswam disse...

What an experience! Animals, even the simplest of them can sense things that we as humans can not. Its great omen for you on your last day of 2011. A sign of even better times ahead.

Anônimo disse...

Laura, que momento abençoado!!!
Lendo o seu post, eu acho que as borboletas disseram tudoooo!!!
Enquanto lia seu post, eu me lembrava daquele poema do Mario Quitana, que tem uma parte que diz assim:
"O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você".

E não é exatamente o que vc está fazendo?
:-)

Querida, que esse ano de 2012 traga toda a paz e toda saúde que vc bem merece!!!
Que vc tenha todas as alegrias e todas as realizações que a vida possa lhe oferecer!
Um beijo grande no seu coração,
Krika.

Nicolli disse...

Achei lindo!!! Que momento abençoado... Feliz Ano Novo e um 2012 maravilhoso com tdo de maravilhoso que vc merece....
Muitos beijos
Nicolli