sábado, 31 de dezembro de 2011

Borboletas... o que querem me dizer???




Borboletas... o que querem me dizer????


Este ano que termina hoje foi muito especial…

Tive muitos momentos, conquistas, aprendizados, quedas, alegrias, decepções, encontros, reencontros...

Foi um ano muito, mas muito intenso...

Este ano que termina daqui a poucos minutos aqui na Índia... eu apenas paro e tento analisar, entender... mas deixo, entrego para que a vida me mostre, e descodifique de verdade o que aconteceu comigo hoje...

Após minha pratica de yoga, fui para jardim fazer Pranaymas e uma breve meditação... como todos os outros dias, permaneci por algum tempo olhando as libélulas que sobrevoam os lótus de um pequeno lago na área central do jardim...

Mas de repente, um grupo de borboletas invadiu o jardim... pela primeira vez, depois de 20 dias no hospital vi borboletas... nunca, nunca apareceram por aqui...
Mas não eram 1, 2, ou 3... eram dezenas de borboletas brancas que vieram em minha direção... ficaram por um instante sobrevoando minha cabeça e começaram a se dispersar... eu olhava atentamente e elas numa rapidez e movimento desordenado voltavam a circular ao redor do meu corpo...

Me senti meu magnetizada por elas e elas por mim...
Fiquei extasiada... parecia um sonho... eu nunca tinha vivenciado ou visto algo do tipo... fechei os olhos por um instante e uma serie de pensamentos confusos, desordenados tomaram conta do meu ser... senti um frio correndo pela espinha e ao abrir os olhos as dezenas de borboletas continuavam ao meu redor...

Fechei os olhos novamente, e após uma breve respiração, olhei ao meu redor e uma pequena borboleta havia pousado sobre o meu joelho... fazia movimentos lentos, suaves...

As demais borboletas afastaram-se por um instante e ao se aproximarem novamente do meu corpo e a pequena juntou-se ao grupo e desapareceram em meio ao jardim...

Talvez isso não queira dizer nada... talvez queira dizer muitooo.
Mas só sei que tenho fascinações por borboletas, por seu processo de vida e significados...

Mudanças, transformações são inevitáveis a cada minuto, a cada momento...
Quem sabe um dia eu venha entender esse encontro, esse momento, esta vivencia...

Mas agora, talvez, apenas agradecer e entregar o meu ser a minha alma a este lugar, a esta vida, a esta oportunidade....

Feliz 2012 para todos nós!!!!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Morrer para Viver... Para realmente termos um novo ano...


É preciso deixar-se morrer a cada instante...
É preciso abandonar tudo a cada instante...
É preciso esquecer tudo a cada instante...
É preciso esvaziar tudo a cada instante...
É preciso entregar-se a cada instante...

Porque a cada instante:

Nós renascemos...
Nós encontramos...
Nós aprendemos...
Nós sentimos...
Nós recomeçamos...

Laura Pires

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Notícias....





"Saúde é algo que faz você achar que agora é a melhor época do ano." (F. Adams)

Notícias....
Obrigada por tantas mensagens e carinho... Fico feliz em poder compartilhar meus dias aqui e tanta gente acompanhando, torcendo...

Fiquei alguns dias sem dar noticias... mas preciso neste momento me concentrar bastante no tratamento.. Depois de 14 dias de ghee medicado, massagem e shirodhara, dieta restritíssima, uma nova etapa deve iniciar ainda hoje...

Preciso dar atenção a minha reação alérgica, pois novamente estou cheia de erupções e coceira por todo o corpo... Descobri que 1 em cada 1000 pacientes são “premiados” com este efeito... e então, neste momento, os próximos 2000 pacientes que chegarem no hospital podem ficar tranquilos, pois eu e meu amigo Sanjay já resolvemos este problema para eles!!! rsrsrrs

Fora a alergia...está tudo muito tranquilo... Me sinto muito bem disposta, sem dores, sem nada... O corpo e a mente reagem bem a todos os momentos... aprender e praticar o controle de todos os sentidos... todos os dias...a todo instante...
Esta é a melhor forma de aprendizado... pelo menos eu vejo assim... entrega e vivencia total aos sábios conselhos e orientações védicas!!! e experienciar de forma profunda esta sabedoria milenar e poderosa...dia a dia... viver de verdade este conhecimento hoje e sempre!!!!

Ontem a noite tivemos uma apresentação de teatro Kathakali em frente ao hospital... A maioria dos pacientes saiu dos seus quartos e pode conferir o espetáculo que durou cerca de 3 horas...

No meu mural (facebook) vocês podem conferir algumas fotos e algumas informações sobre o Kathakali e meus últimos dias aqui no hospital...

Paz e saúde a todos

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Mensagem de um desconhecido....




Índia... Índia...

Escreveram que isso é importante para mim...

sábado, 24 de dezembro de 2011

Feliz Natal


Meus queridos amigos...

O que desejar a vocês ???

Em primeiro lugar: Obrigada... Obrigada por fazerem parte da minha vida...

por todo carinho, por tantas mensagens, por tanto amor e pela mais sincera amizade..


Sabe ? o maior e melhor presente que ganhei este ano? Sim ...foram novos amigos que surgiram... antigos amigos que reapareceram.. conhecidos...simples conhecidos que se tornaram grande amigos...

Pacientes que se tornaram doces e amorosos amigos...

Amigos...amigos que surgiram de todos os lugares, de muitas cidades, de muitos países...

Tantos ...tantos amigos especiais... obrigada meus amigos...

Desejo então à vocês meus queridos amigos...

Um Natal de muita paz e muito amor!!!

Que suas vidas sejam banhadas pelas bênçãos divinas e que verdadeiro despertar aconteça para cada um de vocês...

Muita saúde e alegrias...

Com carinho
Laura

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Saúde...


Manter o corpo em boa saúde é um dever, pois, de outro modo, não seremos capazes de manter nossa mente forte e clara.


Buda

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Novos dias....


O tratamento continua firme e forte.

As alergias sumiram rapidamente depois da aplicação de novos cremes...

As massagens continuam e nos últimos 3 dias eu apaguei completamente... o corpo e a mente começam a ceder... o corpo começa a ficar mais frágil, as articulações começam a não suportar esforços, caminhadas, yoga e qualquer exercício torna-se perigoso neste momento.

A alimentação super restrita continua e mais 1 quilo se foi... as roupas já começam a cair... :)) Mas ainda devo mantê-la por mais 10 dias, quando terminarão as doses de ghee medicado e então novos procedimentos iniciarão.

Os dias tem passado de forma rápida e felizes...

Aproveito algumas horas vagas para "colar" em alguns médicos e enche-los de perguntas... a biblioteca é meu paraíso... o horário de leitura é restrito, mas sempre que posso fico mergulhada em livros, livros, revistas de Ayurveda...

O horário do jantar é um dos momentos de descontração... o encontro entre os pacientes... ficamos sabendo de cada história comovente, fascinante e fico cada vez mais apaixonada e feliz por estar tão próxima desta sabedoria milenar que está salvando muitas vidas ou melhorando a condição de pessoas que estavam completamente impossibilitadas e descrentes de uma melhor qualidade de vida.

Me sinto muito privilegiada por estar nesta situação, por esta possibilidade...Esta sendo um dos momentos mais especiais da minha vida... conheci pessoas incríveis que estão me ajudando a ver o mundo, as relações e a vida de uma forma muito diferente e especial... me ensinam novos sentimentos, me ensinam novas possibilidades, me ensinam uma nova vida...

Durante toda manhã tenho tempo livre... Então aproveito para andar no jardim, refletir... ficar um pouco comigo, no meu silêncio. Aproveito para escrever minhas sensações, percepções, sentimentos que tomam conta do meu ser...

Aproveito este momento, para repensar, organizar o que passou, o que está e o que virá...

Aproveito este momento para sentir o que sou, o que estou, o que passou, o que chegou...

Aproveito este momento para uma entrega completa, pura, simples e verdadeira....

Paz e muito amor a todos....

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011





Meus queridos amigos

Fiquei uns dias sem dar noticias...sem escrever... ou melhor, sem escrever no computador, pois meu caderninho de anotações , nossa!!! já esta quase cheio e terei que providenciar um novo.. tanta coisa para escrever...

Estou bem... ou melhor... quem já fez panchakarma longo, por mais 20 dias sabe o que estou falando...este é meu quinto panchakarma...E estou no momento!!! Aiiiii... quero fugir.... o que eu vim fazer aqui!!!! Ehehhe


Isso acontece sim....e comigo também!!! É uma reação natural de todos... No meu caso atual, que cheguei bem, sem queixas, sem dores, sem comprometimentos... é pior???... ou melhor??? Quero fugir, mas vou ficar...


Eu só sei que agora completei 1 semana de tratamento e tudo começa a ficar bem ruim... uma reação alérgica, de algum medicamento, comida, apareceu essa madrugada...estou toda vermelha e coçando!!!! Virei objeto de estudo para uma equipe de 7 médicos... a cada hora, vem alguém me olhar... mexer nos meus braços, olhar minha língua e conferir meu pulso.
minhas pernas já tem algumas queimaduras leves de óleo quente da massagem... na massagem que dura cerca de 1h , 4 enfermeiras (8 mãos) massageiam meu corpo sem parar com aproximadamente 6 litros de óleo... sim ...a maca vira uma pequena piscina de óleo e fico quase que mergulhada no óleo... enquanto isso outras duas enfermeiras cuidam do shirodhara que esta acontecendo ao mesmo tempo!!!! E a medicação matinal, que começa as 6h da manhã com 30ml de ghee medicado em jejum, seguido de um jejum até as 12h , com náuseas constantes, mal estar... começam a diminuir no meu singelo almoço... 1 prato de de Kanji... esta receita é feita com arroz integral, agua e uma mistura de ervas sem o menor gosto... tudo para mim esta sem sabor...são ordens médicas... praticamente não comer... pois ele disse que como demais no Brasil!!! Nossa imagina quando ele chegar aí no Brasil( é !!! essa será uma grande novidade...preparem-se com o pretendo fazer...mas depois eu conto) e ver o que os brasileiros comem...ehehhe

Bom , voltando a minha dieta... depois deste nutritivo e medicado almoço, volto para meu quarto... deitar e relaxar... medicações, medicações... massagem... e um lanchinho...1 copo de suco de mamão...

Daí desço para jardim , para conversar com meus novos amigos . vamos todos ao templo e depois no dirigimos a cantina para jantar... eles, é claro... pois eu...hummm... só dois ragi dosa(na foto acima)e cama...


Mas voltando, ao momento fuga... ele não é tão real assim... é só uma reação momentânea... é tudo saindo da zona do conforto... e é isso que busco o tempo todo na vida...fugir da acomodação mental, física nas situações... são amarras que colocamos em nós mesmos, são muletas para não nos deixarmos ir a frente... dói, dói sim mexer no intimo, mexer nas questões e emoções não resolvidas, dois sim mexer no corpo, deixar o apego pelo corpo... mas este é só um veiculo que deve ser muito, mas muito bem cuidado para que possamos nos entregar a esta bela experiência da vida de forma plena e saudável.


Muita saúde e paz para todos nós!!!!

sábado, 17 de dezembro de 2011

Entregue-se à vida...



" De todos os presentes, o mais precioso é a saúde" Aryavaidyan


Feliz, muito feliz por estar na Índia!!!!

Os primeiros dias de Panchakarma estão sendo bem tranquilos...

Esta oportunidade tem sido bem reveladora para mim...

Impressionante, mas todas as preocupações, os sentimentos confusos, anseios se desfazem a cada minuto... as situações, as pessoas me mostram que realmente a vida é de pura entrega...

É como se realmente aqui as coisas acontecessem de forma mágica, misteriosa, e deslumbrante.

Um simples olhar, uma mente tranquila e aberta, um coração entregue fazem surgir experiencias, situações e emoções inimagináveis.

A entrega é algo surpreendente...

É algo difícil no início, criamos resistência para aceitar os fatos, aceitas as situações, nos apegamos a certos conceitos, visões, quereres...

Mas a vida é um constante entregar-se... deixar ir...

Talvez, este seja o maior ensinamento da minha vida, talvez este seja mesmo o grande pulo, o grande salto, para minha compreensão total...

Entregar-se ao novo, entregar-se de forma pura, entregar-se...

e de maneira sublime, a medida que abro meu coração, entrego minha alma... coisas antes que pareciam impossíveis, transbordam diante dos meus próprios olhos...se revelam...

para que cada vez mais eu posso entrar em contato com a minha mais pura essência...

Paz e saúde a todos

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Início do Panchakarma...


Agora tudo resolvido ...

Consegui meu limpo, e silencioso quartinho no Hospital Ayurvédico.

Assim que fiz a admissão, preenchimento das fichas, pagamento, comecei a organizar minhas coisas.

Cerca de 1 hora depois, um dos residentes veio fazer um interrogatório de uns 30 minutos... se sentia dores, como está minha digestão, sono, apetite, tudo direitinho e conforme todo o script ayurvédico!!!! Depois, um auxiliar de enfermagem veio medir minha pressão, checar meu peso e pediu que eu o acompanhasse até a sala do medico chefe.

O médico chefe do meu prédio, um senhor muito simpático lia meu prontuário. Virava cada folha, lia, relia. Sorridente, pegou meu pulso!!! Muito interessente seu caso. Pelo visto tem feito seu dever diário direitinho, mas.... Nossa você esta bem Vata!!!! Claro!!! Ainda mais com essa quantidade de voos que peguei para chegar até aqui, respondi!!!

Conversamos um pouco, por cerca de 30 minutos, e então ele começou a escrever num grande papel... as medicações e tratamentos.

Serão 20 dias de Panchakarma para dar uma sacudida na alma, no corpo e na mente. Limpar tudo!!! Fazer uma grande faxina!!!

Depois de fazer uma lista enorme do meu tratamento falou: Você está bem ... mas agora é hora de cuidar um pouco de você. Limpar seu corpo, cuidar mais do seu fogo digestivo, fazer uma restrita dieta e descansar sua mente, para ficares bem forte para um próximo ano de muito trabalho.

Li atentamente cada orientação e segui para meu quarto. Em poucos minutos, um rapaz chegou com todas as medicações.

Separei conforme os horários e fui para cantina, fazer minha ultima degustação dos próximos dias com bolos ayurvédicos, chai... nos próximos dias, por causa da medicação nada de açúcar, mel, arroz, lentilhas, temperos, proteínas animais, etcc... Uma dieta sem muitos sabores e sem variações... e uma rotina intensa de massagens e shirodhara...

Enfim... entregar-se ao cuidados do Ayurveda de maneira muito profunda e intensa...

Vou ficar um pouco reclusa nos próximos dias, mas assim que me sentir pronta volto a compartilhar cada momento desta minha viagem com vocês...

Paz e muita saúde a todos ...

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Encontros abençoados

A administração do hospital me informou que hoje a tarde conseguirei um quarto!!!!

O hospital está repleto de pessoas conhecidas... como tenho feito todas as refeições na cantina tenho encontrado muitos pacientes antigos... das outras vezes que vim para o hospital foi também no mês de dezembro, então, todos se reencontram...

Com cumprimentos tímidos, risadas, sorrisos, todos se olham e felicitam por se reencontrarem...

Todos muito surpresos e felizes com minha situação atual de saúde... me enchem de perguntas, querem saber detalhes... Durante as refeições, todos aproveitam para perguntar detalhes do tratamento de cada um, progressos, remédios...enfim todos curiosos com a historia dos outros, pois de alguma forma, todos que se reencontram há alguns anos sabem o cada um vem passando...

Resolvi não entrar em detalhes sobre minha vinda sozinha, apesar das incessantes perguntas... Os funcionários do hospital, principalmente, ficam o tempo todo: "cadê seu marido?", " você veio mesmo sozinha?" ...talvez não seja bem compreendida por todos, por questões culturais... então é melhor não comentar nada.. apenas meus amigos queridos Joachim e Traude, um casal de austríacos que também encontrei nas duas ultimas estadas, e que fizemos grande amizade, sabem do meu divorcio. O restante me limito a dizer que vim sozinha desta vez, e que Marcus está bem (e espero que sim).

Ontem, aproveitamos a linda noite de lua cheia, após o jantar, para visitar o templo de Krishna e desfrutar do silencio das ruas, conversar um pouco e celebrar nosso reencontro... tomamos um saboroso masala chai na nova Bakery da cidade.

Eu e Traude éramos as únicas mulheres na rua. Após as 19h, pelo menos aqui, é impossível ver uma mulher na rua... dezenas de homens sentados na calçada, conversando, fumando, tomando café e dando risadas...

Os olhares são inevitáveis... por volta das 20h, nos despedimos e eles foram dormir, pois cedinho tinham a visita do médicos e depois tratamento.

Eu, ainda fui para o templo e fiquei contemplando a noite por mais algum tempo...

Queria curtir a brisa mais fresca da noite... contemplar as lamparinas acesas, ver cada paciente entrar com muita devoção, rezar...

Quando de repente meu antigo médico passou. Ele imediatamente me reconheceu e parou na minha frente.

Fiquei muito feliz!!!

Já tinha recebido a noticia na administração que ele não seria meu medico desta vez, pois tinha trocado de prédio e estava atendendo aos pacientes do novo, moderno e caro anexo!!! Caso quisesse continuar com ele, poderia começar o tratamento na hora, pois lá há vagas disponíveis.. Mas falei que não poderia pagar e preferiria esperar... enfim...

Simpático, ele perguntou como estava e quando tinha chegado... lembrava com detalhes o meu histórico!!! Isso que é memoria!!! Neste quesito, memória, os indianos são imbatíveis!!!!

Contei que estava ótima, e mesmo ele tendo dito no último e-mail que não precisa retornar, eu voltei para um check -up e descansar a mente e o corpo...e ele com um sorriso no rosto falou: “ Amanhã , quando souberes o numero do seu quarto e o prédio que ficarás vá até o novo prédio e me procure, vou cuidar de você também. Fique a vontade para qualquer problema, dúvida... Nale Kanam (até amanha) .

Agachei-me diante dele e com um largo sorriso no rosto agradeci...

Fiquei radiante!!! Ele é considerado um dos melhores e mais experientes médicos, faz parte de uma família tradicional de vaidyas, mas sempre foi muito fechado e de poucas palavras... sempre que fazia muitas perguntas a respeito dos tratamentos e remédios ele não respondia nada... mas algo aparentemente mudou..

Um mix de felicidade, saudade, entrega...

Em poucos dias neste local abençoado, e muitas revelações, encontros, ensinamentos...


segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

O que aprendi hoje... Entregue-se à felicidade...



Tenho me surpreendido com meu próprio ser nestes últimos dias.

Realmente muita coisa mudou... e quando estamos em situações de estresse, de conflito, de perigo é que realmente sabemos como somos, como estamos...

No sábado peguei o voo para Calicut no sul da Índia... o aeroporto de Mumbai esta muito mais organizado, limpo... o check in foi feito rapidamente. Todos os voos saindo no horário exato.

Cheguei em Calicut e uma extensa e bagunçada fila no guichê do taxi pré –pago. Vários homens se empurrando e gritando para onde queriam ir.. vi algumas mulheres indo para o fundo do guichê e resolvi segui-las. Estavam “furando “ a fila, e fiquei junto a elas. Mas um outro funcionário, na verdade, atendia prontamente as mulheres com muita simpatia e rapidez, enquanto os homens se amontoavam e gritavam. Rapidamente peguei meu voucher e fui para a porta do aeroporto. Um grupo de taxistas, como sempre, ficaram ao meu redor tentando pegar o papel da minha mão e tentando falar com um inglês bem difícil de entender...

Quando descobriram o numero do meu taxi, um senhor pegou minhas malas e saiu correndo levando-as para o seu taxi. Fui atrás e de repente uma onda de calor insuportável quase me derrubou... estava no Kerala!!! Altas temperaturas em pleno inverno e uma umidade absurda. Fiquei um pouco zonza, molhei a cabeça com o restante de agua que tinha e sentei no carro.

Abri todas as janelas, e uma brisa quente e úmida tomava meu corpo... para evitar qualquer tipo de problema, pois estou viajando sozinha, e vim para uma região bem no interior do sul da Índia, sigo corretamente todas diretrizes indianas... roupas largas... cobrindo minhas pernas, batas longas e uma pachimina cobrindo o peito...

A viagem de taxi durou cerca de 40 minutos, por uma paisagem repleta de coqueiros, coqueiros, e mais coqueiros...

O taxista não falava uma só palavra em inglês, então aproveitei o silencio para avaliar minha condição atual... calor, muito calor...

Ao chegar ao Hospital... nenhum quarto vago... como fiz reserva para o dia seguinte, dia 11 e cheguei antes, não havia vagas disponíveis... tive que procurar um hotel.

Escolhi o hotel... um quarto simples, sem agua quente, em tv, sem ar condicionado... simples, simples, mas surpreendentemente limpo!!! Apenas R$ 10 por dia. As refeições, por segurança, tenho feito no Hospital. E hoje dia 12, ainda estou sem quarto...talvez amanha consiga um...

E apesar de tudo isso, estou aproveitando para realmente descansar, dormir, comer, dormir e comer... e ler... a proposito li um livro inteiro ontem e aconselho a todos... “ A Sabedoria do cães” por Gotham Chopra, filho de Deepak Chopra.. um livro leve, cheio de sabedoria, risadas e muito amor...

Na Índia, é preciso ter paciência, e deixar as coisas fluírem no seu tempo... relax... E estou muito, mas muito feliz por estar aqui novamente!!!!

Não criar expectativas de que as coisas acontecem como marcadas, programadas... aqui a vida flui diferente...em outro tempo, em outra conexão... e isso esta sendo muito bom!!!!

Aproveito este momento para avaliar tanta coisa... tantas emoções borbulhando dentro do meu ser... deixadas de lado, guardadas e escondidas nas gavetas da minha mente, no meu coração... mas, aqui, agora, sem interferências, no silencio de cada manha, no brilho das estrelas de uma noite escura e profunda...

É preciso encara-las. Entende-las, senti-las ...é preciso deixar transbordar de qualquer maneira...

Porque a saudade, as lembranças, são inevitáveis... a cada momentos, a cada instante... mas as reações , pensamentos e comportamentos , estes sim precisam ser resolvidos, apaziguados, acalmados...

e por isso entrego a Mãe Índia, o meu ser , minha alma, aceito minha condição, e confio nas resoluções, situações, emoções, transformações...

Paz e muita saúde a todos...

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Jay Jay Índia!!!


Índia!!!!

Cheguei...

Nossa! Foram tantas dias...horas...

Amanhã de manhã a viagem continua...mais um voo para Calicut no sul da Índia, no estado do Kerala.

Ao sentir o avião começar a descer uma emoção muito grande tomou conta da minha alma...

Nossa!!! Tanta coisa passou na minha mente...

Foram tantas viagens...cheguei na Índia tantas vezes de cadeiras de rodas, doente, frágil, debilitada...

Não consegui controlar, as lagrimas não paravam ...

Uma outra realidade...

Era quase que como um sonho...

Já no taxi vindo rumo ao Hotel....olhava cada esquina, cada detalhe familiar que via pelo caminho... Parecia irreal... sentia que estava sonhando, que não era realidade.. minha cabeça estava confusa, estranha...

Toquei minhas mãos várias vezes...precisa mesmo sentir que era real...

Eu demorei a acreditar... estava de volta a este local mágico e transformardor...

Mas é aqui que estou, neste país tão importante na minha vida...

Agora que já descansei um pouco... confusa com o horário, com tanto barulho... vou saborear uma deliciosa comidinha indiana, é claro, e depois uma visitinha ao templo para agradecer este momento tão especial e importante na minha vida...

Obrigada a todos por tantas mensagens de carinho... é muito bom poder compartilhar com todos vocês mais um momento da minha vida...

Muitas bênçãos e saúde a todos...

domingo, 4 de dezembro de 2011

CURSO BÁSICO DE AYURVEDA - 2012


É com grande alegria que convido todos vocês para o Curso Básico de Ayurveda que será realizado no ano de 2012 no Rio de Janeiro em parceria com o Suddha Dharma Mandalam.


Quem estiver interessado as inscrições já estão abertas e podem ser feitas através do telefone: 8117 8513 ou pelos e-mails: buscadaessencia@yahoo.com e janainachagas@yahoo.com.br

As vagas são limitadas!!!!


Muita saúde e paz a todos...



CURSO DE FORMAÇÃO EM AYURVEDA - NÍVEL BÁSICO –

DURAÇÃO: 8 MESES – 10 MÓDULOS

LOCAL: JARDIM BOTÂNICO – RIO DE JANEIRO

ASHRAM SUDDHA DHARMA MANDALAM – UBERLÂNDIA

INSTRUTORES:

LAURA PIRES

JANAINA CHAGAS

DR. JOSÉ RUGUÊ


INFORMAÇÕES BÁSICAS (DETALHAMENTO COMPLETO DO CURSO ATRAVÉS DO buscadaessencia@yahoo.com

Rio de Janeiro:

Módulo 01- Fundamentos históricos, filosóficos e cosmológicos, conceitos introdutórios da Ayurveda, - Dias 24 e 25 de março


Módulo 02 - Teoria Tridoshas, Subdoshas, - Dias 28 e 29 de abril

Módulo 03 - Análise da estrutura básica do corpo. Dias 26 e 27 de maio

Módulo 04-. Dinacharya , Ritucharya - Dias 23 e 24 de junho

Módulo 05 - Massoterapia ayurvédica. - Dias 28 e 29 de julho

Módulo 06 - Massoterapia ayurvédica - Dias 25 e 26 de agosto

Módulo 07- Alimentação ayurvédica - Dias 22 e 23 de setembro

UBERLÂNDIA

(DE 12 A 17 DE OUTUBRO)

Módulo 08 - Pakriti & Vikruti. Princípios da anamnese. Diagnóstico de língua, pulso. Analise voz, olhos, unhas e pele.

Módulo 09 – Fitoterapia Ayurvédica


Módulo 10 - Visão Ayurvédica da Mente


Valor do curso: R$ 3.200. (Três mil e duzentos reais) – Parcelar em até 10 x (O

valor total do curso deve estar quitado até o ultimo módulo em outubro)

cheques pré-datados entregues no ato da matrícula.


Matrícula: R$ 150,00 (cento e cinquenta reais) - Somente à vista

Informações:

Vanessa Brigagão

(21) 8117-8513

Janaína Chagas – (21) 7808 4882

buscadaessencia@yahoo.com

http://buscadaessencia.blogspot.com

http://acienciadavida01.blogspot.com/

http://www.suddha.net/

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Para meu Avô : Feliz Aniversário!!!!


No meio de um turbilhão de coisas para resolver, deixar organizado....

Arrumar malas, manter a mente calma, controlar a ansiedade por fazer uma viagem tão conhecida e auspiciosa, mas tão longa e importante neste momento da minha vida...

Arranjei um tempinho para terminar de escrever uma carta que precisa ter terminado há uns dias atrás.

Como sempre no meu dia a dia, gosto de compartilhar meus sentimentos, minhas angustias, minhas alegrias, minha vida....

E aqui mais um momento... Este texto não foi escrito com apenas um toque dos dedos, foi composto pelo bater das lágrimas no teclado , da saudade, da vida... das minhas escolhas de ficar fisicamente tão longe de pessoas tao importantes...

Carta ao meu grande Avô!!!

O passado nos traz lembranças e ensinamentos

O Presente é agora, é o momento de fazer as escolhas, de agir com consciência, com verdade, com simplicidade, com amor...

O futuro ... o futuro???? É aquilo que semeamos, que esperamos... ou nada disso, talvez...

Desejos para o futuro? Talvez... sem expectativa, sem ansiedade... Talvez.. curiosidade de ver e entender o que uma pessoa com 80 anos consegue perceber, olhar, aceitar, aconselhar...

80 anos ...Nossa é possível fazer tantas coisas!!!!

Meu querido avô .... você foi filho, irmão, marido, pai, sogro, avô, companheiro, amigo...

Você presenciou, suportou tantas dores, tantas perdas, tantas angustias, tantas decepções... Mas mesmo com tudo que passou .... Você mostrou como dizer adeus às pessoas que ama, sem tirá-las do teu coração, mostrou como ser forte e ajudar os que estão com problemas, mostrou como aproveitar cada instante de felicidade, a chorar de saudade, a sentir a dor do adeus, e continuar.... continuar... surpreender, transformar...

Mas, meu querido avô o que você me Ensinou e está me ensinando é aproveitar o presente, como um presente que da vida recebeu, e usá-lo da melhor e mais pura maneira.

Ensinou que no auge de seus 80 anos é possível resgatar, ir atrás e conseguir realizar sonhos antigos...

ensinou e continua ensinando que não podemos desistir, por maior que sejam os obstáculos....

Ensinou no momento mais difícil da minha vida... que o amor, a compreensão, a aceitação são dádivas para a superação...

Ensinou e mostrou que mesmo distante, poderia confiar, ouvir, apoiar...

Mostrou, do sei jeito “fechado”, de poucas palavras.... que há um ser grandioso, amoroso e cheio de vida...escondido, guardado...

Mostrou no auge dos seus 80 anos que é possível mudar, aceitar, crescer e surpreender...

Neste momento , de comemoração ao dos teus 80 anos, estou muito longe.... mas meu coração está aí com vocês...

Sabe, Vô, mesmo longe continuo me sentindo muito perto de ti.

Minha saudade faz lembrar de todos os momentos de minha infância perto de você...

Me faz lembrar...de tantos momentos bons, de tantas alegrias... de tantas experiências e ensinamentos...

Hoje, nossa ... tantas coisas queria dizer aqui... mas é difícil... me emociono... pois me lembro de tantos, tantos momentos bons...

Obrigado por fazer parte da minha vida...

Obrigado por ser meu avô, um avô de quem me orgulho, que me inspiro...

Obrigado por saber mudar com o tempo e me permitir experenciar tudo isso

Obrigado por servir de exemplo ...

Com fé, eu aprendi...

Obrigado por fazer parte do eu que sou, de tantas e variadas formas...

Saiba que eu te amo muito, muito, muito...

E espero que possamos desfrutar ainda de muitos e muitos momentos juntos.

Feliz Aniversário!!!!