sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Novos dias... Nova vida ... Novo tratamento...

Muito feliz em estar aqui novamente!!!!!
Agora ja acomodada, mais adaptada ao fuso horario e aproveitando o momento para ser cuidada...
A viagem foi bastante puxada, foram quase 40 horas desde a saída de casa ate chegar ao hospital.  
Voos longos e cansativos.  Comida bastante restrita até porque não dava pra carregar por muito tempo pois acabaria estragando

A entrada no país foi tranquilo (amigas!! Podem acreditar)  estava bem receosa pois mesmo sabendo de outras pessoas ainda temia os riscos de não poder entrar na India sem tomar a vacina da febre amarela que é exigencia   Vim com uma isenção dada no Brasil ja que devido a forte dengue que ja tive este ano, não podia arriscar tomando outra dose da vacina de febre amarela, p que poderia ser crucial de um novo ciclos de sintomas indesejados.  

Pois aprendi na pele como febre contínua desestabiliza meu sistema.  

Mas tudo certo...
Este ano algumas mudanças.  O medico que me acompanhava não trabalha mais neste hospital... Então agora novo momento, com novos medicos e novo direcionamento

Os tratamentos ja comecaram e meu dia está razoavelmente tranquilo nestes 7 primeiros dias. 

As 6h ja devo estar acordada para tomar as primeiras medicações , em seguida vou ao templo onde acontece um puja e depois um leve café da manhã.  
Pois as 7:45 começa minha sessão de Abhyanga e Shirodhara 
Sao 60 minutos sendo massageada com quase 2 litros oleo medicado e morno por todo meu corpo por 2 enfermeiras 
O oleo quente do shirodhara vai aos poucos me sedando e deixando minha mente mais lenta...
Ja começo a sentir o efeito mais esperado... Diminuir meus pensamentos, minha fala, me deixar mais "mole", "dopada" e "tranquila".  
Durante a massagem alguns desconfortos ja aparecerem e mostram o quão preciso me cuidar.  Dores intensas e constantes no nervo do braço e da perna esquerda surgem e deseparecem.  

NO resto da manhã fico deitada no meu quarto lendo e cochilando, enquanto permaneço cheia de óleo por mais 1 hora.  

Banho.. So de balde ..  E lavar a cabeça mesmo cheia de óleo medicado não é permitido...
Talvez a cada 5, 6 dias isso aconteça.  Mas ainda  sem previsão. ;)

A dieta está bastante restrita.  Estou tomando 6 remedios diferentes. Então para melhorar a capacidade digestiva a alimentação esta bem rigorosa e escassa.  

Hoje meu almoço foi apenas um caldo de arroz integral com sal e uma medicaçao composta por 10 ervas para me dar mais força e vitalidade

Aproveito a tarde para ler um pouco. A biblioteca é meu paraiso. Varios livros e revistas com artigos e estudos em ayurveda todos concentrados a apenas 50 metros do meu quarto...

As 18h começa a aula de hatha yoga. Alguns exercicios moderados e suaves e pratica intensa de pranayamas.  

Ja o jantar.  Momento de mais descontração onde encontro os outros pacientes do mundo inteiro. Alguns conhecidos de outros anos. Todos sedentos pra saber como cada um passou o ano. 
É bom ver as pessoas retornando ao hospital.  Sinal que estão tendo melhoras e continuam firmes no caminho

Pra ninguem é confortavel estar aqui.  Todos gostariam de usar as ferias para passear, se divertir...  Mas mesmo assim todos sabemos o quão importante este momento é para nos fortalecer e ter o ano todo com mais equilibrio...

Até breve...
Saúde e paz a todos...



3 comentários:

Luzia Maria disse...

Comprei seu livro ontem, por caso numa livraria aqui em Niterói. Tive contato com a culinária ayurvedica através de minha nutricionista, que fui procurar por conta de um câncer de mama. Conheço pouco sobre o assunto, comecei a me interessar setembro desse ano, mas seu livro me emocionou profundamente. Que você tenha uma Natal cheio de luz!

Anônimo disse...

Laura querida,

És uma inspiração. Gratidão imensa por compartilhares tua jornada.

Namastê!

Juliana

Isabel Radaelli disse...

Laura,

Li sobre voce em uma revista no Brasil e agora estou muito interessada em sua historia. Realmente es uma inspiração.

Mandei um email para voce contando brevemente meu interesse em sua jornada.

Muita luz e forca para voce.

Isabel