terça-feira, 23 de julho de 2013

Feijão moyashi germinado...

Feijão Moyashi germinado. Pronto para o consumo. Otimo para cuidar das desordens Pitta. Muito nutritivo e satvico!! Hora de preparar uma sopinha com o grao germinado, cominho em po, ghee e sal. Equilibrar meu Agni depois de um final de semana testando diversas receitas!!! Saúde para todos...

Como germinar o moyashi:

. Coloque  o grãos num recipiente, mas cuide para não encher muito o fundo,. Em seguida despeje sobre os grãos de feijão bem lavados, uma quantidade de água não muito quente, suficiente para formar uma coluna de 3 cm acima deles. Cubra a tigela com uma gaz ou uma fralda fina e prenda com um elástico em torno de sua borda. Os graos s precisam respirar durante a germinação, assim que você deve usar um tecido que permita que o ar circule. Mantenha os grãos em local cuja iluminação não seja muito intensa.

Na manhã seguinte, aproximadamente 8 horas depois, escorra toda a água do feijão, inclinando o recipente e complete com a mesma qualtidade anterior de água morna. A partir de então deve trocar a água na temperatura natural pelo menos de 4 em 4 horas. A temperatura ideal para o desenvolvimento dos brotos é em torno de 21° C.  caso esteja muito frio na sua cidade, mantenha o recipiente dentro do forno(desligado).

Continue este procedimento pordoi ou três dias.

e depois é so consumi-los.
Para a Ayurveda o ideal é que sejam cozidos.
OU na forma de sopinhas ou até mesmo com arroz e legumes.

Saude a todos



sábado, 20 de julho de 2013

Leda Nagle - Sem Censura de 9/7/2013. Esclerose Múltipla e Vitamina D





Amigos. Para quem não assistiu minha entrevista no Sem Censura na última terça-feira segue o link abaixo. Obrigada a Leda Nagle pela oportunidade e a assessora de imprensa Thassiana Carias Da FSB comunicações pela grande parceria

Lentilhas: a importancia do seu consumo!!!

O arroz com feijão é a tradicional combinação de grãos que faz parte do hábito alimentar brasileiro e fornece proteínas e nutrientes importantes.
Mas há um ingrediente de fácil preparo que a maioria das pessoas só lembra nas festas de final de ano: A LENTILHA!!!!
O que pouca gente sabe é que a lentilha também é um tipo de feijão, só que mais fácil de cozinhar, mais fácil de digerir, e ainda com níveis proteicos mais altos que os feijões.
Na Índia, onde boa parte da população é vegetariana, o consumo de lentilha é obrigatório e diário.  E não se restringe so ao almoço.. farinhas de lentilha são usadas para pães, doces e sopas.  O consumo é aconselhado, em varias refeições para poder se beneficiar e desta forma consome-se menos trigo (evitando assim a maior formação de gases, e diminuindo as intolerâncias ao glúten, que na maioria das vezes acontecem pelo consumo excessivo de farinha trigo, varias vezes ao dia e por longos períodos)
Existem três tipos de lentilhas mais comuns de serem encontradas :  a vermelha, a verde e a marrom, esta ultima sendo vendida em qualquer supermercado em todo país.
As duas primeiras cozinham mais rápido e são grãos bem pequenos e saborosos.
A ultima, a Marrom, mais comum para maior parte dos brasileiros cozinha um pouco mais devagar, então , pode-se deixar de molho , por cerca de 4 horas para que cozinhe mais rápido e fique mais fácil de digerir.
Existem varias maneiras de se preparar... eu tenho varias opções, mas Hambúrgueres de lentilha são meus favoritos!!  Faço vários receitas diferentes , mas esta eu gosto bastante, pois além há uma combinação de ingredientes excelentes para todos...
Bom apetite a todos

Hambúrguer de lentilha com quinoa

½ xic de quinoa em grãos
½ xicara de lentilha
1 pimenta dedo de moça bem picadinha e sem sementes
1 colher de masala para seu dosha
½ colher de chá de sal
1 xicara de batata doce cozida e amassada
Salsa, cebolinha e coentro picadinhos

Cozinhe a lentilha e a quinoa separadamente  e deixe esfriar.
Remova o liquido restante da lentilha, caso você tenha feito com muito agua e misture todos os ingredientes.  A batata doce dará uma consistência mais cremosa para a mistura.
Unte uma forma com ghee ou óleo de coco, coloque a massa em porções individuais em forma de hambúrguer e leve ao forno pré- aquecido a 230º por 20 minutos ou ate ficarem bem douradinhos.
Sirva com legumes cozidos, folhas verdes refogadas  ideais para seu dosha e bom apetite

quinta-feira, 11 de julho de 2013

" Yoga ajuda a suportar o que não pode ser curado e curar o que não precisa ser suportado. " BKS Iyengar

Eric Small Tribute Reel (MS Society) from Gary Leva on Vimeo.

Amigos queridos...
eu gostaria de dividir com voces novamente este vídeo.
Eu já fiz um post há alguns anos atras, mas gostaria de compartilhar novamente.
Infelizmente é em inglês, mas é algo que me emociona e me inspira no meu caminho.
Eric Small foi e sempre será uma inspiração na minha vida.
Até hoje não tive a oportunidade de conhece-lo, mas ano que vem, estou organizando minha vida para passar um tempo praticando com ele.

Eric Small um americano que mora em Beverly Hills possui um centro de Iyengar Yoga, com programas específicos para pessoas com diagnóstico de esclerose múltipla e outras doenças neurológicas.

Ele frequentemente viaja por todo o EUA conduzindo workshops de Yoga e seminários para estudantes e instrutores.

Um vídeo de seu programa para Esclerose múltipla foi produzido em 1999, em cooperação com Sociedade de Esclerose Múltipla da Califórnia. Todos os programas estão sob a orientação de B.K.S. Iyengar e são baseados em seus ensinamentos e filosofia.

Mas sabem por que e como Eric ajuda tantas pessoas???

Pois é, Eric foi diagnosticado com esclerose múltipla com 21 anos e logo depois se tornou um estudante sério de Yoga, que o ajudou com os efeitos de sua condição. Hoje, aos 66, ele é um instrutor certificado de Iyengar yoga, e utiliza adaptados asanas para atender às necessidades individuais, além de ter feito um livro sobre Yoga e Esclerose Múltipla (Que podemos comprar pela Amazon - Yoga and Multiple Sclerosis) .


Um trecho de uma entrevista com Eric:


"Independentemente de quais sintomas da EM surgirem, os asanas podem ser adaptados para a prática continuada. Você não tem que colocar as pernas atrás das orelhas ou ficar de cabeça para baixo. Qualquer um pode fazer yoga .. Mesmo sentado em uma cadeira de rodas ou deitada na cama”.

"Eu vejo as pessoas melhoram com a yoga todos os dias," "Eles experimentam uma série depequenos sucessos, e isso acrescenta. Muitos, depois, passam a participar de aulas com pessoas que não têm MS."

Eric escreveu um livro com asanas para pessoas em várias condições: Há asanas adaptados para pessoas em cadeiras de rodas, pessoas que ficam em pé com dificuldades, etc..

Para saber mais : http://www.yogams.com/


http://www.nationalmssociety.org/living-with-multiple-sclerosis/healthy-living/exercise/yoga/index.aspx


Obrigada Eric por toda sua dedicação...